sexta-feira, 3 de março de 2017

Short- Fic Make me Yours - Capítulo 07- Me faça sua









         



Narrador PDV


Quando Bella fez aquela pergunta o membro de Edward se agitou dentro da calça. Em um minuto ela já estava em seu colo, e o atrito entre os sexos era insuportavelmente delicioso.


—Tem certeza?

—Tenho certeza há muito tempo.


Ao ouvir isso Edward a ergueu pela bunda e a carregou em direção ao quarto.


Chegando do quarto ela desceu de seu colo, mas as mãos dele continuavam em sua bunda. Espalmando e apertando.

Edward colou seu corpo o máximo que conseguiu no dela enquanto suas línguas duelavam por espaço na boca um do outro.


Edward começou a erguer a blusa de Bella, e ela ergueu os braços lhe dando livre acesso. Assim que se livrou da camisa Edward passou adimira-la. Nunca havia visto uma mulher tão bonita. Seus seios nao eram tão grandes, nem tão pequenos. Eram na medida certa e cabiam perfeitamente em sua mão. Começou a alisa-los por cima do sutiã e ouviu Bella arfar e gemer com isso.


Bella agarrou seu pescoço e colou sua boca na dele em um beijo ardente e desesperado. Ela viu que ele ainda estava vestido e começou a tirar sua camisa. Botao por botao até que ela estava no chão. Ao olhar para aquele peito Bella arfou novamente. Tudo que ela queria fazer era beijar e lamber aquele peitoral maravilhoso. Ela começou a beijar seu pescoço distribuindo pequenas mordidas pelo caminho. Desceu pelo seu pescoço e pelo peito e foi quando flexionou os joelhos e segurou o cós da calça, que Edward percebeu o que ela ia fazer.


—Bella, não precisa ....

—Agora é sua vez de se divertir, mais tarde será a minha. -Disse lhe olhando com um olhar travesso.


Ela abriu o zíper da calça de Edward e a baixou junto com a boxer


Seu membro saltou para fora já escorrendo o pré gozo. Ao ver aquilo ela lambeu os labios e olhou para ele sorrindo. Logo depois o abocanhou.

Edward gemeu ao sentir a boca de Bella ao seu redor. Ela colocou o que coube na boca enquanto passava suas mãos no restante. Edward segurou seus cabelos ditando um ritmo rápido e compassado.

Enquanto um das mãos o alisava, Bella usou a outra para acariciar as bolas. Edward arfava e gemia enquanto Bella o chupava lentamente. Não demorou muito até Bella sentir o membro de Edward tremer e pulsar, anunciando que seu orgasmo estava próximo.


—Bella Eu vou...- ele tentou afasta- la, mas ela não deixou. Se manteve firme, e quando os jatos quentes preencheram sua boca, Bella engoliu tudo. Edward não fazia ideia, mas ela nunca havia feito um oral, e nunca havia se sentido tão excitada. A esse ponto sua calcinha já era um caso perdido. Depois de engolir tudo, Bella usou sua língua para limpar envolta do membro de Edward, que com o gesto, logo se animou e estava pronto para outra. Ele a levantou e puxou para um beijo ardente. Ainda conseguia sentir seu próprio gosto na boca de Bella.

Edward abriu o shorts que ela usava o arrancando de seu corpo. Agora era vez dele proporcionar a ela o mesmo prazer que havia sentido poucos minutos atrás. Ele a ergueu novamente e ela enlaçou suas pernas em sua cintura. Aumentando ainda mais o atrito. Edward lê livrou de sua calça e da boxer, que estavam abaixadas.


A carregou e a deitou na cama. Bella só usava uma lingerie azul, mas vela assim, deitada em sua cama e completamente aberta para ele fez com que seu membro desse sinal de vida outra vez. Ele deitou em cima dela é começou a distribuir beijos. Primeiro em seus labios que já estavam vermelhos e levemente inchados, depois em seu pesco descendo pela clavícula e entre seus seios. Bella arqueou o corpo possibilitando que Edward abrisse o fecho do sutiã. Ele se livrou da peça e parou para admirar para logo depois cair de boca neles. Ele colocou o direito em sua boca, enquanto usava a mão para brincar com o esquerdo. Bella gemia e arqueava seu corpo, lhe dando ainda mais acesso aos seios. Depois de inverter, ele desceu seus beijos pela barriga e passou a língua por seu umbigo simulando penetrações. Bella gemia cada vez mais e mais alto. Ele desceu um pouco mais e se deparou com a calcinha em seu caminho. A rasgou e a jogou do outro lado do quarto. Bella soltou um grito de surpresa. Grito esse que foi direitamente para o membro de Edward, que já estava dolorido de tão duro. Edward segurou uma de suas pernas e foi subindo a partir do calcanhar. Beijando, lambendo e mordiscando. Até chegar em suas coxas, que já estavam meladas por sua excitação. Edward arfou com a visão que teve. Bella era completamente lisa. Ele jogou uma das pernas de Bella seus ombros e enterrou seu rosto no meio de suas pernas.


—Você cheira tão bem que... Fico me perguntando, se seu gosto é tão bom quanto eu imagino que seja.-Bella Se levantou se apoiando nos cotovelos


—Fique à vontade para descobrir. - sorriu. E foi o incentivo que ele precisava para continuar. Edward voltou a enterrar sua cabeca entre ad pernas de Bella, que por sua vêz não conseguiu se manter apoiada nos cotovelos e desabou na cama. Arfando e gemendo o nome de Edward.


—Ohh Edward....- Sua lingua lambia cada pedaço da intimidade de Bella. Ela tentou esfregar uma perna na outra para conter sua excitação, mas Edward não permitiu. Ele afastou ainda mais suas pernas e colocou seus dedos na intimidade dela. Primeiro um depois outro e um terceiro. Bella gritava e gemia por mais. Com três dedos dentro dela, ele começou a bobear em um ritmo de vai e vem enquanto seu polegar esfregava seu clitóris. Edward sentiu seus dedos serem mastigados e soube que Bella estava próxima de seu orgasmo.


—Oh Deus... Eu vou...-Quando sentiu seu gozo escorrer entre seus dedos, os tirou substituindo por sua língua. Edward bebeu tudo e fez o mesmo que Bella. A limpou usando sua língua.

Bella ainda estava um pouco mole por causa de seu orgasmo, mas sabia que a noite estava apenas começando. Os dois já estavam suados.


—Que tal um banho? -Edward sugeriu e Bella concordou imediatamente. Ela não conseguia se mexer então enroscou suas pernas na cintura dele, e Edward foi em direção ao chuveiro. A água estava morna, mas foi delicioso quando entrou em contato com seus corpos quentes. Bella desceu do colo de Edward e ele colou as costas dela em seu peito. Bella ergueu o braço segurando a nuca de Edward e lhe dando livre acesso ao seu pescoço enquanto Edward espalmava suas mãos pelo corpo de Bella. Uma das mãos roçava sua intimidade enquanto a outra aperta o seis de Bella. Eles ficaram nessas carícias por um tempo, até que a impaciência tomou conta Edward a prensou contra o box. Bella gemeu com o contraste que água morna do chuveiro e o box gelado proporcionavam ao seu corpo. Ela empinou sua bunda e esse foi o convite que Edward estava esperando. Ele segurou seus quadris a mantendo parada enquanto a penetrava devagar. Ele sentia seu membro sendo esmagado enquanto Bella se sentia cada vez mais preenchida. Ela nunca havia se sentido tão preenchida em toda sua vida. Podia sentir suas paredes se alargamento e clamava por mais


—Edward....

—Você está me esmagando Bella...

—Mais ... Mais.-Edward saiu quase que por inteiro e a penetrou de uma só vez. Fazendo Bella jogar sua cabeça para trás. Edward sentia seu membro ser ordenhado por Bella e mordeu seu ombro contendo seu gemido. Bella apoiou suas mãos no box. Bella chegou ao seu ápice gritando, e Edward não Demorou muito para vir.


Eles terminaram seu banho, mas a noite mal havia começado. Edward a levou de volta para a cama, mas quando ele ia deita-la ela desceu de seu colo, o empurrando para cama. Se era controle que Bella queria, ela teria.

Ele deitou na cama e apoio a cabeça nos braços. Bella subiu na cama engatinhando em sua direção. Ela o montou e se esfregou nele. Edward já sentia seu membro pulsante. Querendo mais e mais. Ele ia a ajudar a se posicionar, mas Bella teve outra idéia. Ela inverteu as pernas ficando de costas para Edward. Com suas mãos guiou o membro de Edward até sua entrada. Quando a cabeça roçou sua entrada que já estava molhada Bella gemeu sentando. Quando ela fez isso pode ouvir Edward urrar de prazer. Ele arqueava seu quadril em busca de mais contato enquanto Bella subia e descia em um ritmo muito prazeroso. Edward se sentou colando as costas de Bella em seu peito. Os dois gemiam.


—Deus... Tão bom....


—Edward... Mais rápido...- Ele segurou seu quadril e aumentou a velocidade das estocadas.- Sim... Isso...


—Bella...- Edward gemia. Perdido entre as sensações e o prazer que estava sentindo. Bella jogou a cabeça para trás enquanto Edward mordia e beijava seu pescoço. Ela sabia que ficaria com marcas, mas não se importava nem um pouco. Edward conseguia sentir a entrada de Bella ordenhando seu membro. E a levantou o mais alto que conseguiu sem sair completamente dela, e a desceu em um único movimento. Bella gritou sentindo seu gozo escorrendo e se misturando com os jatos quentesde Edward. Ao ouvir Bella gritar Edward gozou na mesma hora. Exaustos os dois caíram na cama. Bella ainda estava em seu peito. Esperando suas respirações normalizarem. Depois de alguns minutos acalmando seus corpos, foi Edward que conseguiu falar primeiro, mas Bella não esperava pelo que ele havia dito.


—Casa comigo?

—O que?- bella perguntou atônita

—Casa comigo?

—Edward, não precisa se casar comigo só porque estamos transando.


—Não seja absurda Bella. Eu a quis no minuto em que coloquei meus olhos em você - Bella não dizia nada, apenas ouvia atentamente - naquele dia eu soube que você seria minha perdição. Minha bênção e minha maldição ao mesmo tempo. Era como um anjo. Feito especialmente para mim, mas inalcançável. Eu amo você. E agora que posso te-la ... Casa comigo?- Ela girou seu corpo ainda montada nele . - Caso. Eu amo você e quero ser sua.Eu quero que você me faça sua, e somente sua. .

—E eu somente seu. Pelo resto dos nossos dias