sábado, 4 de março de 2017

Fanfic Remember Me Capítulo 03 Tempos difíceis


Emmett PDV
“- Eu não entendo Edward, ela não sabe nadar. Por que estava tão perto da água? – Bella não sabia nadar, não fazia sentido pra mim ela estar tão perto da água
— Eu sinto muito Emmett, muito mesmo, ela não queria entrar. Se eu soubesse que isso aconteceria eu nunca... – Eu ouvi Edward pedindo perdão e ele começou a chorar, e lamentando, mas ainda não entendia, quer dizer, Bella é um desastre sobre duas pernas, esse tipo de situação a persegue.
—Sente por que Edward? Foi um acidente, não foi?
—Bella não queria entrar, eu disse que a pegaria, e seguraria como eu faço na casa dos meus pais. Ela não queria, mas eu insisti. E ela resolveu entrar. Mas no ultimo passo antes de entrar na cachoeira ela escorregou. Eu sinto muito, é tudo minha culpa eu... - Não me orgulho nem um pouco do que fiz, mas eu estava nervoso e perdi a cabeça por um segundo, e o Edward estava na minha frente. Não me leve a mal eu me senti muito culpado depois do soco que dei nele e ainda mais culpado quando vi o sangue escorrer em seu nariz, mas era orgulhoso demais para pedir desculpas.”

Quando Rose descobriu o que eu fiz ficou uma fera comigo. Disse que era pra eu me desculpar com Edward imediatamente, e não havia sentido em fazê-lo se sentir mais culpado do que ele já se sentia. Aquela foi uma das brigas mais feias que tive com Rose desde o começo do nosso namoro.
Fiquei pensando nisso por semanas, e quando finalmente tiraram os aparelhos de Bella, decidi me desculpar com Edward. Eu sabia que ele não tinha culpa nenhuma, como eu disse minha irmãzinha é um desastre sobre duas pernas.
“- Edward, eu... eu queria me desculpar.
—Está tudo bem Emmett.- A compreensão dele só fazia eu me sentir pior por ter lhe dado aquele soco.
—Não, não está. Eu não devia ter te batido aquele dia, eu só perdi a cabeça e... — Mas antes que eu pudesse explicar ele me interrompeu.
—Emmett, de verdade, está tudo bem. Eu entendo que você estava nervoso e perdeu a cabeça por um segundo. - Edward me conhecia a quase 6 anos, ele sabia o quão estourado e cabeça dura eu podia ser quando se tratava da minha irmãzinha, principalmente depois da morte do nosso pai.
—Obrigado Edward, eu espero que agora que tiraram os aparelhos dela, ela não demore pra acordar.
—Eu também espero Emmett. Eu também espero.”

Eu estava sentado na cadeira do lado da cama de Bella, como eu costumava fazer nos últimos meses, foi quando eu ouvi um som que vinha de sua direção, quando vi que Bella havia acordado, só consegui sorrir. Acho que não abria um sorriso tão grande desde a época que nosso pai morreu.
“– Baixinha você acordou. – Ela parecia meio perdida, mas quem não estaria depois de passar tanto tempo dormindo.
—Hey...- Parecia que ela queria dizer mais do que isso, mas não consegui então fui procurar por alguém .
— Não se mexe muito baixinha, vou chamar uma enfermeira. – Eu não queria sair do seu lado tão cedo, mas precisava chamar uma enfermeira e avisar para Carlisle que ela havia acordado.”
Eu não pude ficar no quarto enquanto Carlisle fazia os exames então resolvi ligar para Rose e dar as boas noticia. Bella, Rose e Alice eram melhores amigas, parecia um trio feliz juntas.
“- Emmett, alguma noticia? – Ela me perguntou preocupada, e eu me senti ainda mais feliz por dois motivos. Primeiro, daria a Rose a melhor noticia dos últimos meses, e segundo porque era muito sortudo de ter uma namorada que se preocupava tanto com minha irmãzinha.
— A melhor noticia de todas Rose. Bella finalmente acordou.
—Ah que noticia maravilhosa, estou perto do hospital, chego aí em 10 minutos.
—Tudo bem Rose, te espero aqui então. Amo você.
—Também amo você ursão.’
Já havia ligado para Rose, a próxima era à anãzinha da Alice. Ela ficaria eufórica, ela já era animada por natureza, com uma noticia dessas então.
“Emmett, tudo bem? Aconteceu alguma coisa? - Eu estava tão feliz por Bella ter acordado que resolvi brincar um pouco com a anãzinha.
—Então, Alice...
—Emmett Swan, me diga o que aconteceu agora mesmo ou eu juro que vou... - Eita consegui irritar a anãzinha.
—Calma Alice, eu só ia dizer que a Bella acordou e agora o Dr. Cullen está fazendo alguns para saber se ela está realmente bem.
— AII MEU DEUS, por que não disse antes? Você me assustou. Estou indo parai agorinhaa!!
—Tudo bem anãzinha, não se esqueça de ligar para o Jasper.
—Estou tão feliz que vou fazer de conta que não ouvi você me chamar de anãzinha. E quanto a Jasper, ele está bem aqui do meu lado e estamos indo para o hospital agora mesmo. Beijinho. - Para ignorar o apelido de anãzinha, Alice deve estar tão feliz quanto eu.
—Tudo bem Alice, te espero aqui então. Até mais tarde.”
Foi o tempo de desligar o telefone eu vi minha linda namorada entrar no hospital com um sorriso enorme no rosto.
“Rose...
—Emmett? É verdade? Bella acordou?  Ela está bem?Posso vê-la? Os outros já estão sabendo?- Eram tantas perguntas que tive que parar um minuto para responder todas elas.
—Emmett?
—Calma Rose, é verdade, ela acordou. Ela parece bem, só um pouco confusa. Mas o Dr Cullen estava fazendo alguns exames para ter certeza. Acho que você pode vê-la sim, mas vou perguntar para enfermeira. Só consegui falar com Alice, e Jasper estava com ela então os dois estão vindo para o hospital. E eu sei que Edward logo vai voltar aqui para o hospital.”

Ângela era a enfermeira que vem cuidando de Bella todo esse tempo. Depois de conversar com ela, Ângela me disse que o Dr. Cullen já havia feito os exames e que Bella já podia receber visitas, mas não podia se exaltar muito.
“-Rose, Ângela disse que Bella não pode se exaltar muito, então precisamos controlar a anãzinha.
—Claro Emmett, eu entendo. E quanto a Alice, nós sabemos que o único que consegue controlá-la é o Jasper que por sorte vai vir junto com ela. Edward vai ficar tão feliz.
— É ele vai mesmo. Ele tem estado péssimo desde o acidente.
—E o soco que você deu nele não ajudou em nada.
—Eu já pedi desculpas, Edward já me desculpou. Ele entende que quando eu fico nervoso não penso direito e acabo fazendo besteira
—Mesmo assim, isso não é desculpa. Mas já conversamos sobre isso. Agora quero ver minha amiga.”
Levei Rose em direção ao quarto de Bella, Deus sabe que Rose não estava brincando quando disse que já conversamos sobre isso. Depois que Rose viu o resultado do meu soco no nariz do Edward e me perguntou o que havia acontecido, tive que dizer a verdade. Ela ficou furiosa e disse que eu devia me desculpar imediatamente, que eu melhor do que ninguém deveria saber que esses acidentes viviam acontecendo com Bella e que Edward já se sentia culpado o suficiente e não precisava de ninguém o culpando ainda mais.
Teimoso como sou me recusei a pedir desculpas e Rose ficou quase duas semanas sem falar comigo direito, quando eu pedi desculpas pelo meu comportamento as coisas voltaram ao normal entre nós.
Quando cheguei ao quarto Bella ainda parecia meio perdida, e eu já estava começando a ficar preocupado, porque Carlisle disse que ela poderia sofrer algumas seqüelas pela lesão, mas só teríamos certeza quando ela acordasse.
“- Bella se lembra da Rose não é? – Se eu já estava preocupado, a demora da resposta de Bella só me deixou mais nervoso ainda, Carlisle disse que um dos problemas que Bella poderia ter era o de perda de memória, mas assim que ela disse que se lembrava relaxei um pouco.
—Claro que me lembro da Rose. – Ela parecia meio envergonhada por ter demorado a responder e preocupado a nós dois.
—Ah Bella, você me assustou por um momento garota, você está bem mesmo? Sente dor em algum lugar? Lembra-se de alguma coisa?
—Calma Rose, deixa a Bella organizar as idéias. - Ela queria saber como Bella estava tanto como eu, mas a enfermeira disse que Bella precisava de tempo.
—Emmett Swan não me peça para me acalmar, minha melhor amiga acabou de acordar e eu quero saber como ela está.
—Eu sei amor, mas precisa dar um tempo pra ela.
—Eu estou bem Rose, não sinto dor e não me lembro do que aconteceu.
—Ah querida eu vou-te contra tudo. - Mas antes que Rose tivesse chance de explicar alguma coisa, a anãzinha entrou parecendo um furacão no quarto.
—Beellaaaaa você acordou!- Ela correu em direção a Bella, mas como eu sabia que aconteceria Jasper a segurou.
—Alice querida, acho que a Bella não pode ter toda essa animação por enquanto, por que não se acalma?
—Me desculpe Jasper, você tem toda razão, é que eu estou tão feliz que ela finalmente acordou, que nem pensei que ela podia estar com alguma dor. Você está bem Bella?- Ela pareceu sincera quando pediu desculpas, então não pude ficar bravo com ela, todos estavam muito animados por Bella ter despertado.
—Estou sim Alice, é bom te ver também Jasper.- Ela reconheceu os dois bem depressa, então achei que ela demorou em reconhecer Rose, porque ainda estava organizando as idéias.”
Rose estava contando sobre o acidente para Bella, foi quando vi que Edward havia chego ao hospital. Ele parecia muito feliz e sem duvida aliviado por ver Bella acordada e bem.
“-Bella?
—Sim?- Ela pareceu não saber quem ele era, mas a princípio pensei que ela estava brincando com ele. Edward era seu melhor amigo desde que se conhecera com ela acertando uma bola em sua cabeça.
—Bella, eu... -Ele começou a falar e tentar explicar, mas não teve chance.
—Desculpe, mas eu te conheço?- Assim que ela disse isso, percebi que ela não estava brincando. Ela nunca brincaria com uma coisa dessas, ainda mais vendo a cara de Edward.
—Bella, é o Edward, você não se lembra dele?- Alice perguntou já que Edward parecia em choque.
— Eu não sei, minha cabeça está um pouco confusa agora, deve ser o remédio que a enfermeira aplicou- Ângela realmente havia aplicado alguma medicação, mas isso não impediu que ela se lembrasse dos outros, então por que ela não se lembrava de Edward? Ele era seu melhor amigo, e nem Bella nem Edward nunca admitiram nada, mas eu sempre achei que tinha mais coisas do que amizade entre esses dois.
— Bella, sou eu. Edward. Você realmente não se lembra de mim? Eu sinto muito você estar aqui, isso é tudo minha culpa. - Ele parecia quase desesperado quando percebeu que ela não estava brincando, e quando se aproximou de sua cama e Bella se encolheu, parecia que ele tinha levado um chute.
—Edward, já concordamos que tudo isso não passou de acidente estúpido não foi?- Rose lhe disse enquanto ele se afastava da cama de Bella, provavelmente por perceber que ela não estava confortável com a proximidade entre os dois.
—Por que não deixamos Bella descansar?- Alice disse, e eu a agradeci mentalmente por isso, por que tanta agitação não faria bem Bella
—Acho que você tem razão Alice, é melhor ela descansar mesmo. -Edward acrescentou, já indo em direção a porta de cabeça baixa. Ele devia estar arrasado- Vejo você mais tarde Bella.
—Tudo bem Edward- Ela não parecia ter muita certeza quando disse seu nome, e todos perceberam isso.”
Aos poucos todos foram saindo do quarto, eu fui o único que fiquei porque queria fazer umas perguntas a Bella, e ela parecia saber disso pela cara que fez.
“Você realmente não se lembra dele Bella? – Eu não precisei dizer o nome, sabia que ela tinha entendido, já que se lembrou de todos menos de Edward.
—Não, mas como eu disse, estou um pouco confusa ainda. Deve ser pelos remédios que a enfermeira aplicou.
—Você se lembra de alguma coisa do acidente?- Ela parecia mesmo cansada.
—Não me lembro de muita coisa, só de correr e escorregar. Eu não tenho certeza, mas acho que me lembro de alguém chamando meu nome e mais nada, só um apagão. – Achei melhor parar com as perguntas, ela não ia conseguir responder e precisava descansar então me despedi e a deixei descansar.
—Tudo bem baixinha, vou deixar você descansar agora.”
Eu não podia passar as noites no hospital pelos horários do meu trabalho e da faculdade. Eu ia parar tudo para ficar com minha irmã quando ela sofreu o acidente, mas Rose me convenceu de que Bella ficaria furiosa quando acordasse e descobrisse que eu parei minha vida por sua causa. Então nossa avó se ofereceu para passar as noites com ela e eu ficaria com ela nos outros horários, sem atrapalhar meu trabalho e meus estudos.
No dia seguinte eu já estava saindo do trabalho quando recebi uma ligação de Carlisle dizendo que Bella receberia alta, mas o transito estava ruim eu não iria conseguir buscá-la. Parece que a pequena ponte que liga o centro ao meu trabalho caiu. Eles interditaram tudo e demoraria horas para que fizessem uma passagem provisória. Eu pensei em ligar para Rose, mas tanto ela quanto Alice trabalhavam do mesmo lado que eu, então provavelmente estariam presas também, foi quando me lembrei que Edward já devia estar perto do hospital, porque a essa hora ele sempre passava por lá. Resolvi ligar para ele e pedir que ele levasse Bella para casa.
“Emmett? Tudo bem? - Ele parecia preocupado.
—Calma aí Eddie- Eu o chamei assim para que ele entendesse que estava tudo bem. E pareceu funcionar porque ouvi sua respiração relaxando.
—O que foi Emmett?
—Parece que a ponte foi interditada, e seu pai me ligou dizendo que Bella vai receber alta, e como eu estou preso deste lado da cidade, queria pedir para você buscar Bella no hospital e levá-la pra casa. Pode fazer isso?
—Claro Emmett. Eu já estou aqui perto, vou buscá-la e a levo para casa. Sem problema.
—Tudo bem então Eddie, obrigado. Diga a Bella que eu a vejo mais tarde.
—Até mais tarde Emmett.”
Pronto, um problema resolvido. Agora só tenho que esperar para sair daqui logo.

Rosalie PDV
Eu estava indo buscar um café em uma cafeteria próxima ao hospital quando senti meu telefone vibrar e quando ouvi a música LET ME BE YOUR TEDDY BEAR , soube que era Emmett ligando.
“- Emmett, alguma noticia? – Ele sabia que eu logo iria para o hospital, então não me ligaria se não tivesse acontecido alguma coisa.
— A melhor noticia de todas Rose. Bella finalmente acordou.
—Ah que noticia maravilhosa, estou perto do hospital, chego aí em 10 minutos. - Eu estava em êxtase, minha amiga finalmente tinha despertado. Fui o mais depressa possível para o hospital.
—Tudo bem Rose, te espero aqui então. Amo você.
—Também amo você ursão. - Esse era um apelido carinhoso pelo qual eu o chamava quando não estava fula da vida com ele.”
Quando cheguei ao hospital, Emmett parecia aliviado.
“Rose...
—Emmett? É verdade? Bella acordou?  Ela está bem?Posso vê-la? Os outros já estão sabendo?- Eu tinha muitas perguntas e Emmett não respondia nenhuma, então o chamei de novo, só que mais alto dessa vez.
—Emmett?
—Calma Rose, é verdade, ela acordou. Ela parece bem, só um pouco confusa. Mas o Dr. Cullen estava fazendo alguns exames para ter certeza. Acho que você pode vê-la sim, mas vou perguntar para enfermeira. Só consegui falar com Alice, e Jasper estava com ela então os dois estão vindo para o hospital. E eu sei que Edward logo vai voltar aqui para o hospital.”
Emmett foi falar com Ângela, a enfermeira que vem cuidadndo de Bella durante esses meses.
“-Rose, Ângela disse que Bella não pode se exaltar muito, então precisamos controlar a anãzinha.
—Claro Emmett, eu entendo. E quanto a Alice, nós sabemos que o único que consegue controlá-la é o Jasper que por sorte vai vir junto com ela. Edward vai ficar tão feliz.
— É ele vai mesmo. Ele tem estado péssimo desde o acidente.
—E o soco que você deu nele aquele dia não ajudou em nada não é mesmo?
—Eu já pedi desculpas, Edward já me desculpou. Ele entende que quando eu fico nervoso não penso direito e acabo fazendo besteira
—Mesmo assim, isso não é desculpa. Mas já conversamos sobre isso. Agora quero ver minha amiga.”
Eu amo meu ursão, mas quando ele fica nervoso e perde a cabeça, vira troglodita. Quando Edward contou a Emmett o que havia acontecido, e disse que a culpa era dele, o lado animalesco de Emmett veio à tona. Como Edward estava em sua frente e se culpando Emmett perdeu a cabeça e lhe deu um soco. Claro que quando vi Edward naquele estado e perguntei a Emmett o que havia acontecido, ele não teve coragem de mentir para mim. Fiquei furiosa e tivemos a pior briga desses 6 anos de namoro.
“-Não acredito que você bateu nele, Emmett Swan.
—Ele disse que a culpa foi dele, minha irmãzinha esta naquele estado por culpa dele.
—Não, não está. Você melhor do que ninguém devia saber que esse tipo de coisa acontece com a Bella, e que Edward é gentil de mais para culpar alguém alem de si mesmo.
—Se ele não tivesse insistido para entrar na água ela não...
—Ela teria encontrado outra maneira de se machucar e você sabe disso.
—Você tinha que ficar do MEU LADO, por que esta defendendo ele?
—Porque eu conheço todos os lados da historia, sei que você não pensa direito quando está nervoso e precisa de alguém para culpar e sei que Edward culpa a si mesmo porque não gosta de culpar os outros.
—Mas eu...
—Nada de mas. Agora você vai lá e vai pedir desculpas para o Edward, que deve estar se sentindo muito pior, porque alem de se culpar ele pensa que seu melhor amigo o culpa também.
—EU NÃO VOU PEDIR DESCULPAS.
—Não vai? Tudo bem então- Fui em direção a seu quarto e juntei minhas coisas. Eu vinha passando as noites aqui desde o acidente. Quando desci as escadas Emmett me olhava como se eu tivesse perdido o juízo.
—Onde você vai com essas coisas?
—Essas são as MINHAS coisas, e EU vou voltar para MINHA casa até que você perceba a estupidez que esta fazendo e se desculpe com Edward.
—EU NÃO VOU PEDIR DESCULPAS.
—Ótimo então. - E caminhei em direção a porta. Eu não queria deixá-lo sozinho, mas ele precisava aprender a se desculpar quando estava errado.
—ÓTIMO ENTÃO. - Esbravejou e bateu a porta assim que passei por ela."
As coisas só voltaram ao normal quando Emmett finalmente entendeu que Edward não tinha culpa nenhuma e se desculpou.
Quando cheguei ao quarto notei que Bella parecia meio perdida.
“- Bella se lembra da Rose não é? – Emmett parecia meio preocupado, e parecia que Bella estava tentando lembrar de alguma coisa.
—Claro que me lembro da Rose. – Eu já estava com lagrimas nos olhos só de pensar na possibilidade de Bella não se lembrar de mim.
—Ah Bella, você me assustou por um momento garota, você está bem mesmo? Sente dor em algum lugar? Lembra-se de alguma coisa?
—Calma Rose, deixa a Bella organizar as idéias. – Eu tinha tantas perguntas que não pude me controlar e acabei descontando em Emmett.
—Emmett Swan não me peça para me acalmar, minha melhor amiga acabou de acordar e eu quero saber como ela está.
—Eu sei amor, mas precisa dar um tempo pra ela.
—Eu estou bem Rose, não sinto dor e não me lembro do que aconteceu.
—Ah querida eu vou-te contra tudo. – Eu já ia contar tudo a Bella quando a pequena Alice entrou saltitando no quarto.
—Beellaaaaa você acordou!- Ela correu em direção a Bella, mas como sabíamos que aconteceria Jasper a segurou.
—Alice querida, acho que a Bella não pode ter toda essa animação por enquanto, por que não se acalma?
—Me desculpe Jasper, você tem toda razão, é que eu estou tão feliz que ela finalmente acordou, que nem pensei que ela podia estar com alguma dor. Você está bem Bella?- Alice não fazia por mal, ela já era uma pessoinha extremamente animada, com noticias boas então. Ela não cabia em si.
—Estou sim Alice, é bom te ver também Jasper.- Ela reconheceu mais rápido, então Emmett devia estar certo sobre dar tempo a ela. Emmett estar certo. Que coisa mais incomum.
Eu estava contando sobre o acidente para Bella, quando Edward havia chego ao hospital. Ele parecia muito feliz. Alice e eu já desconfiávamos que tivesse mais coisa entre esses dois, mas quando colocamos Bella contra a parede uma vez, ela jurou que eles eram só amigos.
“-Bella?
—Sim?- Eu pensei que ela fosse sorrir como ela fazia todas as vezes que o via, mas isso não aconteceu.
—Bella, eu...
—Desculpe, mas eu te conheço?- Assim que ela disse isso, eu estava a ponto de chorar, e vi que a pequena Alice não estava muito diferente.
—Bella, é o Edward, você não se lembra dele?- Alice perguntou porque o pobre do Edward parecia em choque.
— Eu não sei, minha cabeça está um pouco confusa agora, deve ser o remédio que a enfermeira aplicou
— Bella, sou eu. Edward. Você realmente não se lembra de mim? Eu sinto muito você estar aqui, isso é tudo minha culpa. - Ele parecia desesperado e não era para menos, ele ainda se sentia um pouco culpado e Bella não se lembrar dele não facilitava as coisas. Mas o pior foi quando Bella se retraiu quando Edward se aproximou, como se ela tivesse medo dele.
—Edward, já concordamos que tudo isso não passou de acidente estúpido não foi?- O adverti imediatamente, porque se a cabeça de Bella estava tão confusa a ponto de não se lembrar de seu melhor amigo, pensar que ele causou o acidente não ia ajudar em nada.
—Por que não deixamos Bella descansar?- Alice disse, ela parecia ter percebido que seu irmão estava arrasado e Bella envergonhada. A pequena Alice é muito sensitiva.
—Acho que você tem razão Alice, é melhor ela descansar mesmo. -Edward ainda parecia muito chateado. - Vejo você mais tarde Bella.
—Tudo bem Edward- Mesmo dizendo seu nome, não era como se ela se lembrasse, era como repetir uma informação recém aprendida, e eu não fui a única a perceber isso.”
Edward foi o primeiro a deixar o quarto quando percebeu que sua presença não deixava Bella confortável. Jasper precisou voltar para o seu trabalho e foi o próximo a sair. Vendo que Bella precisava descansar, convidei Alice para sair comigo, deixando apenas Emmett no quarto. Eu sabia que ele queria conversar com a irmã.
“Eu não acredito que ela não se lembra dele. - Disse Alice com a voz chorosa ainda.
—Nem eu acredito. Quer dizer, de todo mundo, não se lembrar justo de Edward. Você viu a cara dele?
—Claro que vi. Coitado do meu irmão. Pensei que ele fosse ficar feliz por Bella ter acordado, e agora ele tem que lidar com isso.
—Talvez seja a medicação. Talvez mais tarde ou quando ela tiver alta, ela se lembre e tudo volte ao normal.
—É. Talvez. - Mas pela resposta de Alice eu vi que ela estava meio desanimada. Oque era estranho, porque a pequena Alice sempre via o lado bom de tudo.”
No dia seguinte eu estava no meu trabalho quando recebi um SMS  de Emmett.
De:Ursão.
Para:Ursinha.
—Ainda no trabalho amor?
De:Ursinha.
Para:Ursão.
—Saio daqui uma meia hora, pensei em passar no hospital. Tudo bem por aí?
De:Ursão.
Para:Ursinha.
—Estava indo para o hospital, mas interditaram ponte. Carlisle me ligou dizendo que Bella vai receber alta. Ainda estarei preso aqui.
De:Ursinha.
Para:Ursão.
—Tenho certeza de que Alice ainda está no trabalho, então estamos todos presos desse lado.
De:Ursão.
Para:Ursinha.
—Foi oque eu pensei. Por isso liguei para o Edward.
De:Ursinha.
Para:Ursão.
—Para o Edward?
De:Ursão.
Para:Ursinha.
—Acha que fiz mal?
De:Ursinha.
Para:Ursão.
—Nãooo!!! Não acho. Acho que eles precisam de um tempo só deles para se acertarem.
De:Ursão.
Para:Ursinha.
—Foi oque pensei. Você vai passar em casa mais tarde?
De:Ursinha.
Para:Ursão.
—Claro que vou ursão.
De:Ursão.
Para:Ursinha.
—Até mais tarde então. Amo você.
De:Ursinha,
Para:Ursão.
—Também amo você.
Por sorte minha casa era deste lado da cidade. Então teria tempo de passar em casa e tomar um banho.
Quando estava terminando de pegar minhas coisas ouvi a campainha. Não estava esperando ninguém. Então fiquei surpresa ao olhar pelo olho mágico e ver Emmett na minha porta.
Quando o deixei entrar ele parecia um urso molhado. Não tinha percebido, mas estava chovendo muito.
“Emmett oque faz aqui? Pensei que ia te encontrar na sua casa.
—Interditaram a ponte. Só vão liberar amanha de manha quando a chuva passar.
—Edward foi buscar Bella no hospital?
—Foi. Ele estava por perto já. Tentei ligar para casa para ter noticia dos dois, mas a chuva deixou o telefone sem sinal.
—Tenho certeza de que eles estão bem. Vou tentar mandar uma mensagem para Edward.”
De: Rose.
Para: Edward.
 Interditaram a ponte, só vão liberar amanha de manha. Todos nós estamos presos desse lado. Conseguiu buscar Bella? A levou para casa? Ela esta bem?

“-Conseguiu falar com eles?
—Não. A mensagem não foi nem enviada.
—Será que fiz bem em pedir para Edward buscá-la ursinha?
—Emmett, se ele não fosse, ela ficaria no hospital esperando alguém. Alem do mais já conversei com Bella. Ela sabe que Edward não causou o acidente. Ele se expressou mal quando disse aquilo. E se você não der tempo a eles como espera que ela se lembre dele?
—Você tem razão. Acho que vou ter que passar a noite aqui então.
—Sorte sua que tem algumas roupas suas aqui então.
—Sorte minha. Você pode tentar mandar uma mensagem para Bella, e dizer que vou passar a noite aqui? Não quero que ela fique preocupada.
—Claro ursão.”
De: Rose.
Para: Bella.

Bella, a velha ponte que liga o centro ao trabalho do Emmett caiu e estamos todos presos deste lado da cidade. Emmett vai passar a noite aqui em casa, não se preocupe. Tudo bem por aí? Edward foi te buscar? Está confortável com isso?
Depois do jantar vi que as mensagens tanto de Bella quanto de Edward foram enviadas e respondidas.
De: Edward
Para: Rose
Emmett me contou sobre a ponte. Peguei Bella no hospital e já estamos na casa dela. Ela parece muito bem, e como está chovendo muito pediu que eu esperasse a chuva passar antes de ir embora. Também não queria deixá-la sozinha na casa.

De: Bella
Para: Rose
Edward me disse o que aconteceu. É melhor Emmett passar a noite por aí mesmo, não quero que ele dirija com essa chuva. Está tudo bem e Edward foi me buscar e já estamos na minha casa. Do mesmo jeito que não quero que Emmett dirija com esse tempo, não achei certo mandar Edward embora. Tudo certo por aqui. Bjs!!
“-Emmett, consegui falar com Edward.
—E o que ele disse?
—Bella está bem, eles estão na casa de vocês. Também falei com Bella. Queria ter certeza de que ela está confortável com a presença dele. Ela disse que não quer que você dirija com essa chuva, e também não achou certo mandar Edward embora com um tempo desses.
—Conhecendo Edward ele teria ficado dentro do carro até eu chegar amanha se ela o mandasse embora.
—Não tenho dúvidas disso.
—Bom está tudo certo então. Talvez um tempo sozinhos e ela se lembre de alguma coisa. Não tenho com que me preocupar, Edward nunca faria nada de errado contra Bella.Talvez isso seja até bom.
—Talvez.- Disse torcendo para que Emmett tenha razão.”